Massa Crítica nesta sexta!

Nesta sexta-feira, como de costume, é dia de Massa Crítica. Precisamos fazer dessa a maior Massa Crítica de todas. Convide suas amigas e amigos e vamos levar mais de 1000 bicicletas às ruas de Porto Alegre. Vamos encher as ruas de alegria, gentileza e vida!

Obs: A Massa Crítica acontece mesmo se estiver chovendo!

E nesta terça-feira, dia 22 de março, às 19h, haverá assembléia na Cidade da Bicicleta para conversarmos sobre essa edição da Massa, o que podemos fazer para torná-la ainda mais alegre e segura.  A Cidade da Bicicleta fica na Rua Marcílio Dias, 1091, no bairro Menino Deus.

Esse post foi publicado em pedalada e marcado . Guardar link permanente.

42 respostas para Massa Crítica nesta sexta!

  1. Victor disse:

    Estamos indo em 5 fixeiros (fixacwb) de Curitiba pra Porto Alegre nessa sexta.
    Vai ser bonito.

  2. Luis Ventura disse:

    ” A rua é de todos”…

  3. julia schwarz disse:

    Oi, estou fazendo uma matéria pra universidade sobre a Massa e queria saber que alguém topa dar uma entrevista pra minha colega e nosso câmera na próxima sexta durante a Massa mesmo, já que queremos filmá-la e tal. Pode até ser durante o período nos quais tranca-se alguma rua pra que todas as bicis passem sem que um carro se meta no meio.
    abraço

  4. Aires Becker disse:

    Vou levar até gente que nunca pedalou.
    Vou ter que dar aula de equilíbrio antes da MC.

  5. Carlos disse:

    Depois da pedalada ontem na serra, vamos para POA na sexta. Mas sempre pela direita, ok😉

  6. Caju disse:

    estaremos lá

    abraço

    caju

  7. Janaina disse:

    pshh, não conta pra ninguém, mas vou matar aula pra ir namassa!

  8. Ceci disse:

    eu vou!!!

  9. Vicente disse:

    Que massa esse desenho! Sabem de onde ele é?

    abraços

  10. Pedaline disse:

    sugestão que deu certo no world naked bike ride: MUITAS bexigas, cores e luzes! se tiverem panfletos explicativos melhor ainda. faixas de “compartilhe” e “respeite”.

    • Cíntia disse:

      Muito boa sugestão! É importante que seja visualmente alegre para que conquistemos simpatizantes. E “compartilhe” e “respeite” são as palavras mais importantes a serem usadas na massa, na minha opinião. São a síntese do que queremos e são amigáveis e claras!

  11. sergio disse:

    Então, pra todos os novos participantes lerem antes da Massa:
    https://massacriticapoa.wordpress.com/2011/03/04/leitura-recomendada/

    Pedale todos os dias. Celebre uma vez por mês.

  12. Felipe Koch disse:

    Várias pessoas estão querendo ir mas estão sem bicicletas. A marcha vai devagar como a do dia em que foi a prefeitura ou vai na velocidade das motos como a última?

    • Ricardo disse:

      Nem um nem outro. Nem 8 nem 80. Vai na velocidade de uma pedalada média, como foi nas últimas massas críticas. A pé não dá pra acompanhar. Precisa ir ou de bicicleta, ou de patins, skate…

  13. Gustavo Melo disse:

    Imagem no mínimo imbecil. A rua é um espaço público de todos e deve ser utilizada por todos. A rua não é de vocês, nem minha.

    • Marcelo disse:

      Claro que não, Gustavo, não é nem minha, nem tua, é NOSSA, como bem diz a imagem.

      • Ricardo disse:

        O gustavo tem razão. A mensagem não é clara. Um “de todos” no lugar de “nossa” deixaria claro. Vacilaram.

    • Melissa disse:

      Gustavo, sendo um comentário vindo de você, não poderia ser um elogio mesmo. Quando você elogiar alguma coisa, vai chover.

    • Cyro disse:

      Gustavo, quando se diz que algo é “nosso”, é o mesmo que dizer que esse algo é de todos, ou seja dizer que a rua é nossa, é o mesmo que dizer que ela é sua, minha e de todo mundo, ou seja ela é pública, é de nós todos! Entendeu?
      Só não entende quem não quer entender…

    • Felipe Koch disse:

      Imbecil é quem não tem capacidade de discernimento e muito menos educação. Volta para a selva Gustavo Melo, que é o teu lugar!

  14. Jamal disse:

    Acho que os participantes do massa crítica, DEVEM, ter regras a serem seguidas, como não interferir no fluxo, não ocupar toda a faixa de rolamento, entre outras, caso contrário são meros ANARQUISTAS.

    • Melissa disse:

      O que você tem contra anarquistas? Ao menos sabe o que significa anarquia? Se você quer usar como um termo perjorativo, aqui não vai funcionar muito.

  15. Bruno disse:

    O que vocês acham da saída ser um pouco mais tarde, pelas 19:30hs ou mais?
    Já que certamente vamos estar em graande número… possivelmente com 4 dígitos!!

  16. ONG Cea disse:

    Espero acompanhar amanhã!! Que a chuva não nos atrapalhe
    @CintiaBarenho

  17. Pingback: Massa Crítica nesta sexta, em POA! « OngCea

  18. Baby Jesus disse:

    Espero que a polícia apareça também, para levar em cana quem obstrui o direito de ir e vir das outras pessoas.

    • Bruno disse:

      Baby Jesus,
      Eu também espero!
      E se isso acontecer vão ter que levar pro xadrez os proprietários dos carros que entopem as ruas todos os dias!!!
      hehehehehe

    • Marcelo disse:

      A polícia estava lá, para garantir o nosso direito de pedalar pelas ruas da cidade a hora que quisermos.

  19. Cris disse:

    Pelo amor de Deus!!! façam campanha para os ciclistas não circularem na contramão!!! é uma falsa ilusão de segurança e um perigo para eles mesmos, para motoristas e pessoas em volta. Todos devemos respeitar as regras do trânsito.

    • Melissa disse:

      Concordo, Cris. Compareça na Assembléia que vai ter dia 7 de abril sobre Bicicletas em Porto Alegre, acho que esse é um ponto que deve ser discutido.

  20. Fred disse:

    Essa postura de “os veículos automotores são vilões da sociedade” é ineficaz e tremendamente utópica.

    Todos os confortos e necessidades que temos nas grandes cidades, como os alimentos que consumimos, os móveis de nossas casas, as roupas que usamos, o cara que instala a nossa TV a cabo, o vigia de nosso prédio e até mesmo os funcionários da oficina de bicicletas NECESSITAM trafegar utilizando veículos motorizados e isso não vai mudar, não importa o que fizermos.

    Todo esse discurso colérico contra coisas totalmente necessárias à vida urbana que levamos tira o foco do que realmente seria um avanço: melhorar o transporte público de massa (diminuindo a quantidade de carros nas ruas) e criar meios de coexistência pacífica entre ciclistas e motoristas.

    • Cyro disse:

      Não existe utopia e sim realidade e consciência. Não falo pela massa, mas pelo que eu penso, e eu acho que essa discussão não é pra tornar o carro um vilão, é mais para conscientizar, alertar, e melhorar o transporte publico, a educação no transito, dar mais espaço para transporte alternativos, como a bicicleta, e com isso diminuindo o excesso de carros nas ruas, que aumenta a cada ano que passa, e com o aumento de carros, aumenta a poluição, a degradação do meio ambiente, aumenta o extresse e o caos na cidade! E é um caos que está cada vez mais em evidente, basta vc sair um pouco do seu carro e se tornar um pedestre por algum tempo e vai perceber, vai sentir na pele como o transito é caotico e agressivo pra quem esta fora de seus carros blindados. nessas bolhas que separam os seres humanos da realidade e do mundo a sua volta, pois ate pra andar na calçada ta ficando cada vez mais dificil, com carros estacionando em tudo que é lugar, subindo, e saindo rapido em velocidade, ocupando tudo que é espaço, ate em praças, onde deveria ser proibido, eu vejo carros invadindo, destruindo espaço público, que é tanto para natureza como para o pedestre… Faça isso, se torne um pedestre, e vai saber do que estou falando… Quem usa carro so pensa no seu beneficio, mas tem que pensar também no mal que ele pode causar se utilizado ao exagero, como é o que vem acontecendo sempre. Eu acho que o carro deve ser usado apenas quando for de extrema necessidade, e não quando for pra suprir necessidades futeis, e por preguiça de se locomover longas distâncias, isso é desculpa de acomodado! Todos sabem que o carro tem sua utilidade, isso é obvio, mas qualquer um até você pode saber muito bem o mal que o excesso de automoveis numa cidade pode causar, ainda mais numa cidade pequena, e também queremos mostrar que a bicicleta é um veículo que merece respeito e espaço, tanto quanto um carro, e deve ser incetivado o seu uso como forma de transporte alternativo sim, pra melhorar a qualidade de vida da população, desafogar o transito, mas claro, dando opção de cada um escolher como se locomover, mas assim valorizando também a bicleta como transporte na pista, não só os carros!
      Um bom exemplo disso é a cidade de Buenos Aires, veja o video….
      http://noticias.r7.com/internacional/noticias/buenos-aires-investe-em-bicicletas-contra-transito-20100912.html

  21. Aires Becker disse:

    Todos que aqui escrevem criticando algum ponto devem lembrar que não teriam sobre o que escrever se não houvesse o Massa Crítica!!!!
    É por isto que a Massa é crítica!!!!

Os comentários estão encerrados.