Bicicletada Solidária em São Paulo

Abaixo de chuva, participantes da Massa Crítica de São Paulo, fizeram pedalada em solidariedade às vítimas do atentado em Porto Alegre:

http://noticias.uol.com.br/album/110228bicicletada_album.jhtm#fotoNav=9

Obrigado pessoal!

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

56 respostas para Bicicletada Solidária em São Paulo

  1. Marcelo disse:

    Elxs também ocupam toda a rua em São Paulo, e lá ninguém passa por cima.

  2. aislan' disse:

    ae, tem gente certa no muno ainda…. =)

  3. Miguel disse:

    Valeu paulistas!!!!

    Amanha eh o nosso dia!!

  4. Paulo Cesar disse:

    Obrigado a todos de Sampa pelo apoio!

  5. Você olha para os lados e só vê uma pessoa em cada carro. É um absurdo. A gente vive esse delírio de que ser dono de um carro é o coroamento do sucesso individual. No fundo, estamos retomando a ideia do nobre carregado por escravos em uma cadeirinha no Brasil colonial.

  6. Ana Rita Rochinski disse:

    Nós gaúchos agradecemos todo o carinho e apoio que temos recebido, apesar de não participar do grupo (até então), tenho acompanhado diariamente as notícias sobre o caso e fico pasma ao ver que ainda existe gente que tenta defender o motorista, nada justifica a atitude dele, ao mesmo tempo fico confortada ao ver as mensagens de apoio por uma causa justa como a do grupo, feliz por saber que ninguém se feriu gravemente e esperançoza por saber que meus filhos (07 e 12 anos) poderam um dia pedalar com mais segurança….. Parabéns ao grupo….
    Como sugestão: acresentem ao blog a bela mensagem de solidadriedade da MIDIA INDEPENDENTE, são pessoas como essas que estão fazendo a diferença e dando força para essa longa caminhada ora pedalada em busca de PAZ…

    Nota de Apoio e Solidariedade à Massa Crítica/Biclicletada de Porto Alegre
    http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2011/02/487510.shtml

  7. Chove na estrada. Eu olho bem para as faixas brancas que me balizam e para as luzes, pontuais, pontuando a paisagem em movimento. Uma estrada como aquela, mais próximo de auto-estrada que temos por aqui, é um não-lugar.
    Desvio por milionésimos de segundos a atenção para tentar sintonizar uma ou outra coisa no rádio. Sem sucesso; apenas uma rádio religiosa que falava ali qualquer coisa sobre prosperidade financeira. O depoimento do cara chegava a dar asco. Trabalhara por um tempo, casou-se, trouxe uma carta de clientes para o pai, montou seu próprio negócio, tempos difíceis, ficou um tempo devendo na praça, até que seu pai o ajudou novamente. E veio a religião. E a prosperidade.
    Sinto rajadas de vento e de uma chuva pontiaguda, que parece perfurar a lataria, como se aquilo fossem agulhas, e aquilo fosse lata.
    Vou e volto em uma fração do dia. São 10h35 e acabo de abastecer o carro. Preocupa-me o caso do pneu esquerdo traseiro. A moça do posto Esso (como é sonoro isso) tenta vender-me novos filtros de ar.
    São 18hs, tiro meus sapatos e atendo à festa do cachorro.
    Nesse interem uma prova, uma vaga, setenta e tantos inscritos, alguns nomes conhecidos na lista, sempre bom dar uma olhada, na cara dura, claro. Sempre bom sentar a bunda numa carteira escolar. Uma moça bonita sentou-se ao meu lado. Acho que ela ficou incomodada certo momento com a aquela psicografia incessante que costumo ter, escrevendo sem parar, tomando gosto pela caneta de ponta 0.5mm e tinta preta imitação de nanquim.
    Se vai ficar bom ou atender ao propósito, não sei. O que sei é que está acontecendo algo na Líbia, e o mundo parece estar vaporizando, a caminho da ebulição. Sei que dezenas de ciclistas foram brutalmente atropelados em Porto Alegre, em uma das cenas mais covardes que já vi. Sei que a vida aos poucos vai se esvaindo, em um sangue que ou vem demais, ou vem de menos, mas , mas o que, não tem mas diante dela, significante universal.
    Há de se ter o compromisso com a evolução. A vida é uma dádiva e evoluirmos nela, mais do que uma gratidão, é um dever ético. Cívico, pra quem não sabe o que é ético.
    Dirijo pela estrada e pareço enfim cortar rajadas de nuvens, finas como o vapor.
    Sinto que o mundo evapora-se sob meus pés, diante do que meus olhos alcançam com lentes de óculos e vidros pára-brisas.

  8. Lauinra disse:

    Aqui em Buenos Aires, amanhã, 1º de março (terça-feira), está sendo organizado uma Massa em solidariedade a vocês. Saudações!
    http://www.facebook.com/profile.php?id=1567901448#!/photo.php?fbid=10150149934040446&set=a.479157375445.293422.609240445&theater

  9. Tiago Costa Nepomuceno disse:

    Dia 25/03 estaremos aí, escrevendo a História com vocês!
    Abraços!

  10. Marly disse:

    me sinto muito honrrada com meus conterrâneos, inclusive foi na sexta-feira, após voltar para casa depois de ficar por horas no local do acidente que vi a colega Renata Falsoni online e, comuniquei-me com ela pelo bate-papo sobre o ocorrido. E, ela deixou bem claro que isso não poderai ficar assim, MAS DE JEITO NENHUM!
    Uma paulistana nos pampas

  11. As fotos no UOL são incríveis, tocante.
    Marcelo, escrevi um texto também sobre o ocorrido. Se quiser ler e divulgar, este é o link:
    http://rafaellopo.wordpress.com/2011/03/01/tem-dias-que-a-gente-se-sente-como-alieniginas/

  12. SK8 disse:

    Sou skatista e também estou com vcs……… Skatebord and Bicycling are not a crime!!!!!!
    Viva a vida saudável!!!!!

  13. Lucas disse:

    Lindo!

    Quarta-feira acontece aqui em Curitiba e estarei lá.

    Meu apoio e solidariedade ao pessoal de POA.

  14. sérgio torres disse:

    MUITO OBRIGADO São Paulo e Buenos Aires!
    um grande abraço!

  15. Murilo Gallo disse:

    Nós de São Paulo, assim como com certeza o Brasil inteiro está junto com o povo gaúcho, essa foi uma das cenas mais chocantes que eu já vi na minha vida, todo ciclista como eu (ainda mais em uma grande e também desrespeitosa cidade como SP ) carrega com sigo todo dia que sai para ir ao trabalho, ou mesmo passear, o medo de ser atropelado por “acidente” ainda mais dessa maneira, pelas costas, é claro e evidente a falta de respeito dos monstroristas com nós no transito, estamos ali para atrapalhar, estamos ali porque não temos o que fazer (mesmo pedalando de terno e gravata), estamos ali porque não temos onde cair mortos (mesmo tendo bikes muitas vezes mais caras que os carros de quem pensa assim) mas a verdade é que nós estamos ali porque cansamos de reclamar da poluição e do trânsito, cansamos de pagar o transporte publico mais caro e um dos piores do mundo, cansamos de violência e gostamos da sensação unica que é de sentir o rosto ganhando a brisa suave que só nós sabemos como é melhor do que tomar um rivotril pela noite. Não somos melhores do que ninguém por pensar assim, só cansamos de tudo isso, a unica coisa que eu espero que nós não cansemos jamais, é lutar por uma reforma urgente em todas as leis do Brasil, há algumas semanas, um caminhoneiro foi solto depois de ficar 1 semana preso, por ter causado um acidente na estrada e ter atingido 17 carros, MATANDO 5 pessoas, inclusive uma criança de 2 anos, então não são apenas Banqueiros que não são punidos, a lei do Brasil é ridícula ! Não dá para crimes hediondos cometidos no transito serem punidos apenas com leis de transito, lugar de assassino é na cadeia ! Nós do Brasil estamos em solidariedade ao Rio Grande do Sul e esperamos com todas as nossas forças que este canalha não saia impune dessa.

    Um abraço à todos que buscam a Paz não só no trânsito, mas sim na sociedade.

  16. Solidária a vocês, ciclistas!

    Sou pedestre, mesmo. Com orgulho!
    Sonho ter uma bicicleta, ainda.

    Vamos manter contato?

    Abraços carinhosos e FORÇA!
    Carolina Tinoco

  17. Dustin D disse:

    Just saw this on the news here in the U.S., and wanted to stop and offer my support for you guys!

    This was a terrible crime and hopefully, the offender will serve his time to compensate for what he has done.

    Keep on riding!!!

  18. Joan disse:

    Desde Santander, España, un abrazo muy fuerte en solidaridad con las victimas de este atentado sin lógica. Ánimo, que la masa es imparable!

  19. Naldinho disse:

    Parabéns ao pessoal de Sampa. Muito bonito mesmo.
    Hoje, tem em Poa; amanhã, Curitiba e Rio; entrei na comunidade de Recife, acho que irão, mas ainda não sei o dia.

    • Palmas disse:

      Pior matéria que já li a respeito. Vomitei para o jornalista, se é que se pode chama-lo assim, que redigiu este texto destacando somente os comentários negativos as vítimas. Reclamem desta matéria para o twitter do Estadão @estadao

      • Adriana lins disse:

        Palmer, não podemos esperar transparência de um jornal como o Estado de São Paulo conservador, que sataniza qualquer proposta progressista ou mais democrática lida majoritariamente por uma aristocracia deseducada e alienada. Vc não percebeu inclusive que o jornal foi além de seu dever de divulgar os fatos trágicos do atropelamento, aproveitando-se do espaço, nos alfinetou ao fomentar a idéia de que os ciclitas sequer deveriam estar nas ruas, que somos contraventores!!! Eles querem que pedalemos por ciclovias. Eu pergunto: onde? Aqui em BH tivemos a “sorte” de termos ciclovias fora da cidade numa Rodovia Estadual! Ou seja, querem mesmo nos matar!!!

  20. Nilton Coelho disse:

    rapaz…..! uma coisa é inegável!!
    Esse golf tem um motorzão!!!!!!!!

  21. Gente,
    Sou uma pedestre solidária. Como gaúcha e jornalista, sinto pela forma como determinados veículos de comunicação tem tratado o episódio. Mas nem todo jornalista e nem toda mídia é igual. Escrevo para a Plurale (www.plurale.com.br), publicação com foco em sustentabilidade e traduzi minha indignação com o absurdo desta estupidez em artigo. Segue o link: http://twixar.com/qBVWcOY.
    E, por favor, não deixem de pedalar pela Cidade Baixa. O bairro merece e POA também! Abraços vindos da cidade maravilhosa! ( estou sabendo que os ciclistas do Rio vão se concentrar amanhã, 02/03, na Cinelândia, Centro do Rio)

  22. Charles Tebaldi disse:

    Muito obrigado aos paulistas pela Solideriedade…
    estamos juntos nessa causa.

  23. Adriano disse:

    estamos juntos nessa!
    albuns, videos e relatos da bicicletada solidaria de ontem:

    http://www.bicicletada.org/bicicletada-sp_02-2011

  24. Fred França disse:

    Um abraço para forte p/ o pessoal de POA!
    Aqui em Sampa rolou comoção geral ontem! Saca aí:

  25. Luis Patricio disse:

    Apoio da Massa Crítica Húngara:

    In Portuguese:
    Caros ciclistas da Massa Crítica de Porto Alegre!

    Há alguns dias ficamos sabendo do evento trágico que aconteceu com vocês na marcha. Em nome de todos os ciclistas e participantes da MC da Hungria queríamos desejar a recuperação mais rápida possível para os feridos e esperamos que nunca mais aconteça tal evento em nenhum lado do mundo.

    Esperamos também que esse horrível atropelamento não desencoraje vocês e que continuem pedalando por um mundo não só mais respirável, mas também mais amigo para com os ciclistas!
    Mais uma vez uma recuperação rápida!

    A Massa Crítica da Hungria

    In Hungarian:

    Kedves porto allegre-i CM-esek!

    A napokban eljutott hozzánk Magyarországra annak a tragikus eseménynek a híre, ami veletek a felvonuláson történt. Minden magyarországi CM-es és kerékpáros nevében szeretnénk minden sérültnek mihamarabbi gyógyulást kívánni, és reméljük, hogy ilyen esemény soha nem fog sehol a világban megismétlődni.

    Reméljük, hogy ez a szörnyűség nem veszi kedvetek, és tovább tekertek egy kerékpárosbarát világért!
    Mihamarabbi gyógyulást kívánnak a magyarországi kerékpárosok!

    In English:

    Dear Critical Mass riders in Porto Allegre!

    In these days we in Hungary have come to know the tragical news about what happened to you at a Critical Mass ride in Porto Allegre. In the name of all Hungarian Critical Mass riders, we would like to wish for the quickest recovery to everyone injured in this incident, and we hope that such a thing will never happen again, anywhere in the world.

    We hope that this horrible thing doesn’t spoil your mood, and that you will be able to continue cycling for a more bicycle-friendly world!
    A quick recovery is wished for you by the Hungarian cyclists!

    http://www.criticalmass.hu

  26. Junior disse:

    Muito obrigado a TODOS pelo apoio!!

    Irmãos de SP estão de PARABÉNS!!!! Sair com chuva e ainda protestar por uma coisa que não aconteceu no seu quintal, não tenho palavras….

    Mais fotos da bicicletada de ontem no flickr:
    http://bit.ly/evLYfH

  27. Adriana lins disse:

    olá amigos,

    sou de Belo Horizonte, ciclista ha mais de 15 anos, fazendo uso da bicicleta para deslocamentos cotidianos na cidade e fiquei absolutamente chocada com o episódio ocorrido em Porto Alegre – local onde sempre considerei as pessoas bem mais educadas do que o restante do país. Caso este episódio fique impune, seria como dar mais fôlego ao desrrespeito e violência contra o ciclista – ja basta o descaso de logistas e comércio em geral que não buscam criar acesso ao ciclista em suas compras e lazeres disponiblizando no mínimo um local para amarrar nossa bike.
    Me coloco à disposição para compor grupos, fazer grito de guerra contra tal comportamento e clamar ao Ministério Público gaúcho que seja rígido e inflexível com aquele funcionário publico psicopata – um indíviduo a mais que presta serviço público mas desconhece o que urbanidade, respeito e o pior, usa seu veículo como arma de fogo. Peço que vcs que são bem mais articulados nos mobilizem para alertar a sociedade do perigo que tal tipo de “brincadeira” pode levar – a morte de pessoas de bem que usam a bicicleta como modo de vida e respeito a natureza. abçc

  28. Krishna disse:

    Massa Crítica solidária em Buenos Aires, no mesmo horário da manifestação de Porto Alegre: http://www.matikalwill.com/2011/02/28/masa-critica-buenos-aires-apoyo-critical-mass-porto-alegre/

  29. Estamos juntos guerreiros de Porto Alegre!
    Saudações de São Paulo! A luta apenas começou!
    Paz para tod@s!

  30. Carlito disse:

    A rua é de todos, é do motorista acusado e também dos ciclistas. O motorista TERIA razão se tivesse “se esgueirado” e passado entre os ciclistas, tentando desviar, em baixa velocidade, AINDA QUE tivesse esbarrado em um e em outro. Mas não foi isso que aconteceu. As imagens não mentem, é um carro em ALTÍSSIMA velocidade que não esboça qualquer tentativa de desviar de quem quer que seja. É uma pessoa (?) com histórico de agressividade, que responde a vários processos. Parar o trânsito para protestar é errado? É! Mas é MUITO MAIS ERRADO tentar matar alguém apenas por causa disso. Em um primeiro momento, fiquei neutro, mas depois de ver e rever as imagens estou CONVICTO de que o que ocorreu foi mesmo uma TENTATIVA DE HOMICÍDIO contra várias pessoas.

    CADEIA NELE!

  31. Uirá Lourenço disse:

    Em Brasília, estamos juntos também. Na 5a-feira, 3/3, estaremos nas ruas.
    Sigo pedalando, inconformado com os abusos cotidianos no trânsito. No Código de Trânsito, tudo lindo: o maior protege o menor, peferência dos não motorizados, distância lateral de 1,5m… Na prática, motoristas enfurecidos, que ficam impunes mesmo quando atropelam e matam.

  32. andre spinola e castro disse:

    Caros,

    um amigo me enviou esse link, com uma monstruosidade semelhante ocorrida no Cairo, mês passado. Pelo jeito, o criminoso brasileiro não está só. Não sei se a divulgação desse link ajudaria de alguma forma … envio de qualquer maneira.

    abraços solidários de SP,
    andre

  33. Andrew de Andrade disse:

    Tenho uma outra solução preventiva para os proximos eventos.

    Uma tentativa nas vidas dos outros como esta é raro, mas monstrorista que é agressor no transito não é. Tenho dúvido nenhuma que todos nos temos enfrentados outros como esta babaca.

    No proximo evento de Massa Critica, todas as pessoas nas bicicletas la atras devem ter uma camera de video filmando as motoristas que estao atras o tempo enteiro. Se um motorista decide se agressivo, terá toda a evidencia vc precisa para submitir o video ao policial e tirar o ofensor da rua.

    Até diria que é uma boa ideia que muitas pessoas de bike começam a andar de camera no seu bike filmando os carros atrás de voce.

    Tem dois beneficios: (1) Tirando idiotas da rua; (2) Gerando cada vez mais evidencia em videotape para apoiar nossa causa e gerar suporte emocional.

  34. mariano disse:

    Pessooal,tenho outra sugestão para f…um pouco mais a vida deste cara: nesse link está um formulário da ouvidoria do Banco central do Brasil, onde trabalha o miserável…se todo começarem a encher a ouvidoria de denúncias sobre o ocorrido, as coisas vão ficando pretas pra ele no Banco Central, lembrando que o estatuto do servidor público prevê a exoneração de funcionário que faça este tipo de merda…

    https://www3.bcb.gov.br/rdr/preparaDemanda.paint?method=inicializar&natureza=O&tipo=S&assunto=Ouvidoria

  35. Denis disse:

    Sou de São Paulo, formado em arquitetura e urbanismo. A atitude é chocante e monstruosa. Mas é necessário ver que ela está de acordo com mais de 50 anos de políticas públicas de privilégio do automóvel sobre todas outras formas de transporte e por conseqüência de desenvolvimento urbano. A minha cidade é um exemplo monstruoso de uma continuada política de primazia do automóvel sobre todos os meios de desenvolvimento da cidade. O exemplo de muitas outras cidades, sobretudo européias, mostra que o investimento em rodovias, não resolve o problema do trânsito, mas estimula a ocupação de novas areas, provocando toda uma nova gama de problemas. Espero que o número de protestos como esse cresça, e que a população tome as ruas e imponha um outro modelo de desenvolvimento para as nossas cidades. Os dirigentes precisam entender que a transformação da cidade deve estar pautada pelo bem-estar de sua população e não pelo fomento à indústria automobilística! Att. Denis Joelsons

  36. Pingback: Crime é crime, não é tragédia | Fo"blo"grafia

  37. Mateus disse:

    Companheir@s,
    O InGá apoia e difunde as ações do massa crítica e de tod@s os ciclistas desta cidade.
    Vejam no sítio: http://www.inga.org.br
    um abraço e até hoje à tardinha.

  38. Rodrigo disse:

    Muito obrigado pessoal de SP!
    Adorei aquela foto com todo mundo no chão. Acho que deveriamos repetir ela hoje aqui.
    Abraços

  39. ogum777 disse:

    mais um relato da manifestação em são paulo:
    http://asbicicletas.wordpress.com/2011/03/01/uma-noite-corpos-no-asfalto/
    deitamos ao chão, voluntariamente, em solidariedade aos irmãos de porto alegre, deitados à força.

    o deitar-se no chão chama-se “die in”. é a reprodução da imagem dos mortos acidentados, milhares, infelizmente, nesse nosso brasil.
    nossos corações estão com vcs!

  40. Pedaline disse:

    estaremos juntos dia 25 gritando por respeito e justiça.

  41. goura disse:

    Amanhã é em Curitiba!!
    Força amigos!
    http://www.bicicletadacuritiba.org

  42. Som do Roque disse:

    Atenção Salvador,

    Daqui a pouco, 21 horas, no semáforo em frente ao Iguatemi acontecerá um ato simbólico de ciclistas baianos em solidariedade aos ciclistas de Porto Alegre. Repúdio à violência no trânsito. Quando o sinal estiver vermelho será estendida uma faixa com uma mensagem de concientização e serão distribuídas flores aos motoristas, além de pequenos panfletos pedindo paz no trânsito.

  43. Carlos Aranha disse:

    Estamos JUNTOS!

    Vejam a programação dos próximos protestos pelo Brasil e pelo mundo: http://j.mp/gvHDNm

    #naofoiacidente

  44. Cabral disse:

    Cabral disse…
    Lamentável o ocorrido em Porto Alegre, repercussão Nacional de nossa Capital; pior é saber que algumas pessoas defendem um Bandido Homicida, cidadão incapaz de conviver em uma sociedade que procura alternativas inteligentes.
    Nada poderá justificar o “Ato Bandido de um Irresponsável”, que assumiu o Risco de matar aleatoriamente pessoas, entre elas Jovens e Crianças que pedalavam em busca de atenção para o Futuro de nossa Cidade e nosso Planeta.
    Onde esta a EPTC a Polícia e os demais Setores Públicos, responsáveis a defender o interesse da sociedade.
    “Nada se justificará o Ato Irresponsável deste Maníaco Homicida.”

    “JUSTIÇA JÁ; NA FORMA DA LEI É O MÍNIMO PARA ESTE BANDIDO”

Os comentários estão encerrados.