Manifesto pelo Sorriso

Lanço aqui um desafio a todxs participantes da Massa Crítica para a pedalada desta sexta-feira: arrancar sorrisos de motoristas estressados. Pois o objetivo da Massa Crítica não é estressar ainda mais os pobres motoristas (carrólatras?) que não conseguem abandonar a dependência de sua jaula motorizada, mas sim nos divertirmos e mostrar que um trânsito mais divertido é possível, que os outros motoristas, ciclistas e pedestres com quem elxs cruzam não são meros obstáculos ao seu deslocamento, mas pessoas, seres humanos com propósitos tão nobres e necessidades tão importantes quanto as deles.

Cada vez que fizerem cara feia para nós, vamos responder com um sorriso. Cada vez que nos insultarem, vamos cantar. E toda vez que eles nos derem motivos para perdermos a paciência e nos estressarmos também, vamos respirar fundo e dar-lhes flores.

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

16 respostas para Manifesto pelo Sorriso

  1. Olavo Ludwig disse:

    Beleza!
    Eu ando numa luta interna diária, para ter paciência e sorrir ao invés de xingar os pobre coitados engaiolados. Por enquanto 95% de sucesso!!!!🙂

  2. Matheus Dutra de Moura disse:

    Ciclistas no estido Gandhi?

  3. Melissa disse:

    É um desafio pra mim, mas eu topo! Vou ver se faço umas placas felizes hoje de tarde!

  4. Cyro disse:

    Bom desafio! Acho legal essa iniciativa, pois não precisamos nos igualar a eles nas atitudes…
    Mas as vezes fica dificil sorrir, e achar tudo bem, quando vem um carro desses te fechando, achando que é o dono da rua, um dia desses tava passando pela Av. Ipiranga com minha bike, como de costume, andando bem proximo do acostamento e dando espaço pros carros passarem, logo que passei por uma sinaleira depois que o sinal abriu veio um carro de trás me fechando e querendo me tirar da pista e buzinando como se eu não tivesse o direito de andar na rua, me empurrando pra calçada, querendo que eu saisse dali pra ele passar em alta velocidade e me fechando, fiquei com vontade de xingar o cara, deu muita raiva, alguns desses motoristas de carro, viram uns monsntros motorizados querendo passar por cima de todo mundo, não tão nem aí pra ninguem dentro de seus carros confortáveis… Mas mesmo assim eu parei do lado da calçada e deixei o infeliz passar logo, e fiz sinal de positivo pra ele quando me passou, e ironicamente bati palmas pela educação e respeito que ele teve para com um ser humano que tem a bicicleta como seu meio de transporte… não sei se consigo sorrir e ser legal para esses tipos de pessoas, mas não custa tentar, a idéia é otima! o mundo só vai mudar apartir de nós mesmos…

  5. Nazareth disse:

    Muito boa ideia. Na última Massa houve momentos em que parecia que os estressados eram alguns (raros, mas enfim) ciclistas. E isso compromete o sentido da Massa. Penso que a leitura da cartilha disponibilizada no rise-up e distribuída na última Massa por Val e Marcelo é importante porque tem muitas dicas de como fazer uma massa que seja um momento de celebração e não de exacerbação dos conflitos que vivemos quando pedalamos sozinhos. A leitura da cartilha me ajudou a perceber muitas coisas e a fazer a leitura dessa sensação que tive na última Massa (uma sensação isolada, em apenas alguns pontos, mas que, lendo a cartilha, vi que não é raro de acontecer).

  6. Lívia disse:

    Leia-se “Brigada da Testosterona”? Pois é.

  7. Matheus Dutra de Moura disse:

    Querem uma dica para fazer a idéia fluir no dia? Assistam ao filme do Gandhi, de 1982. Link: http://www.imdb.com/title/tt0083987/

    Não querem gastar com locadora? Existem N torrents e outras fontes de download por aí.

  8. Dailor disse:

    difícil arrancar muitos sorrisos dos motoristas na medida que trancamos avenidas na hora do rush… isto de forma alguma é uma crítica à Massa ou à iniciativa proposta, só acho que uma alegria inocente e totalmente sincera não é bem possível; uma alegria um tanto irônica e um pouquinho cínica parece mais adequado, hehe. é que não deixa de ser um evento de ativismo e de contestação, mas principalmente por não ser burocratizado nem contar com o controle institucional é que ele impede a previsibilidade e o entendimento da maioria dos motoristas, fazendo-os sorrir… acho que todas as reações fazem parte e claro que vou agir da melhor forma possível, até com sorrisos… até daqui a pouco!

  9. Naldinho disse:

    Foi uma “embriaguez de sucesso”

  10. Lívia disse:

    Achei linda! Tranquila, sem incidentes, tudo na boa… e acho que nossa postura ajudou muito também. Sem nervosismos desnecessários.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s