Manifesto no Mercado Público!

Crédito: Gilberto Simon

Surgiu nos comentários do post Mercado Público de Porto Alegre desencoraja o uso da bicicleta como transporte uma vontade coletiva de fazer um manifesto presencial no Mercado Público.

Vamos combinar um dia e horário que fique bom para um número significativo de pessoas. Quando for definido, esse post será modificado para divulgar o horário, a data e mais detalhes.

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Manifesto no Mercado Público!

  1. massacriticablog disse:

    Como eu tinha dito, pra mim fica melhor quinta de manhã, voto em chegarmos lá por umas 9h30m. Sábado também seria interessante porque mais gente vai poder ir (provavelmente) e tem mais um motivo para se manifestar: o Largo funciona como estacionamento de carro (!!!) aos sábados. O problema é se quisermos aproveitar o dia para levar o manifesto até o Fortunati, provavelmente ele não vai estar na Prefeitura sábado.

  2. Melissa disse:

    Como eu tinha dito, pra mim fica melhor quinta de manhã, voto em chegarmos lá por umas 9h30m. Sábado também seria interessante porque mais gente vai poder ir (provavelmente) e tem mais um motivo para se manifestar: o Largo funciona como estacionamento de carro (!!!) aos sábados. O problema é se quisermos aproveitar o dia para levar o manifesto até o Fortunati, provavelmente ele não vai estar na Prefeitura sábado.

  3. Marcelo disse:

    Eu acho talvez até mais importante levar esse manifesto ao Fortunati do que ao Mercado Público. Todo prédio público deveria ter local onde deixar bicicletas e a política pública de mobilidade de Porto Alegre é risível (constrói ciclovias em cima de calçadas enquanto tira espaço de parques para duplicar avenidas sem ao menos corredores de ônibus).

    • Melissa disse:

      Pode ser, mas talvez no caso do Mercado Público consigamos um resultado mais cedo. Acho que dá pra fazer os dois tranqüilamente. Quem vai escrever o manifesto?

      Enfim, é importante cada um votar no seu dia e horário pra escolhermos um! Ganha o que tiver mais gente disponível, suponho.

  4. Val disse:

    não sei se ainda pra essa semana não está muito em cima da hora…

  5. Prezadxs,
    apoio a ideia de, coletivamente, deixarmos claro à administração do Mercado Público do quanto é importante que sua política em relação ao estacionamento de bicicletas (e, indiretamente, ao transporte urbano) deixe de ser excludente e passe a ter um entendimento mais esclarecido e sintonizado com as necessidades REAIS dos usuários do Mercado. Porém, somos muitos e com diferentes visões de mundo e histórias de vida e maneiras de agir. Portanto, antes de impulsivamente marcar uma data e horário e ir ao mercado ou à prefeitura, é preciso saber como fazê-lo. Vamos entregar panfletos ao frequentadores do mercado e lojistas ressaltando a importância de um bicicletário ou paraciclo? Vamos lá, nervosos, procurar alguém que não quererá nos atender e meteremos os pés pelas mãos? Acho importante termos essas variantes em mente. Acho, na minha opinião pessoal, que nossa presença no mercado, assim como na Massa, deve ser alegre e festiva: voto por abordar lojistas, pelo sorriso, por panfletos esclarecedores e por uma abordagem à administração do mercado em título de reinvindicação, não de represália àquele e-mail infeliz enviado pela porta-voz. O ponto de vista dela, incluso na resposta, é um ponto de vista sem esclarecimento, infelizmente emitido por alguém da Prefeitura (e que deveria ter um pensamento mais abrangente, mas enfim), mas achei muito válido que ela tenha vindo à página, conversado com as pessoas, e inclusive respondido a outros e-mails enviados pelas pessoas.
    Não estou dizendo que não será assim, mas só antecipando hipóteses para que tudo corra bem e de uma maneira que não crie antipatias desnecessárias (e não falo da adm. do Mercado e sim de lojistas e consumidores).

    Abraços.

    • Val disse:

      Oi Lívia!
      acho que o mais importante mesmo é irmos de maneira tranquila fazer essa manifestação pra que percebam que existem formas simpáticas de se fazer uma abordagem e passar um recado, bem em oposição a política agressiva que é a atual.

      • Naldinho disse:

        Podemos usar as bicicletas para ajudar os consumidores a carregarem as compras ou algo do tipo. Enquanto isso, informamos o motivo de nossa manifestação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s