Lapa das Pessoas

Enquanto aqui em Porto Alegre a prefeitura vai acabando com as poucas vias exclusivas para pedestres da cidade, no Rio de Janeiro a prefeitura recentemente fechou as ruas da Lapa para automóveis nas noites de sexta e sábado, como resultado as ruas estão cheias de vida, de pedestres. Confiram o vídeo abaixo:

Essa idéia nos faz lembrar dos ridículos congestionamentos nas noites Cidade Baixa e como as ruas Lima e Silva, João Alfredo (recentemente revitalizada) e da República ficariam mais bonitas e agradáveis se não estivessem entulhadas de automóveis.

Existe alguém que pode ser contra uma idéia dessas?

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Lapa das Pessoas

  1. sergio disse:

    Que ótimo!
    A Lima e Silva ia ser ótima sem os carros. A Padre Chagas também é perfeita para ser rua de pedestres. Cedo ou tarde vai ser.
    E seria ótimo se pudessem desviar os ônibus que passam na Voluntários. É muita gente ali

  2. “Existe alguém que pode ser contra uma idéia dessas?”

    Pior é que sim… E ainda viriam com o “argumento” de que isso seria um “atentado ao direito de ir e vir” (como se não tivessem PERNAS para CAMINHAR).

    E eu acho muito melhor ir a pé ou de táxi para um bar: posso tomar minha cervejinha sem preocupação… Além de não precisar achar lugar para estacionar (e pagar caro por isso).

  3. Naldinho disse:

    A Lapa realmente deu uma melhorada. Acredito que seja vantagem não só para os pedestres, mas também para os motoristas. Quando tem show na Fundição e no Circo, fica um verdadeiro inferno para dirigir.
    Ainda não fui à Cidade Baixa na sexta, mas acredito que a situação deva fica bem ruinzinha porque a av. é bem estreita.

  4. Melissa disse:

    Mas bom que no Rio de Janeiro fizeram isso e tá dando certo, porque daí os políticos daqui se encorajam mais pra fazer o mesmo. Triste, mas é assim que eles agem pra muitas coisas.

    Será que os comerciantes da Lapa tão gostando disso? Me pergunto como seria a reação dos da Lima e Silva (porque estabelecimentos como o Guion e o Segredo têm estacionamento…)

  5. Alexandre disse:

    Incrível como o Brasil consegue estar sempre um passo atrás ou na contramão do desenvolvimento sustentável.
    Nos paises mais desenvolvidos são tomadas medidas para que as regiões centrais das cidades sejam um espaço prioritariamente das pessoas. Não é algo que está sendo feito agora. É um príncipio que rege o crescimento das cidades nesses paises.

    Em Caxias do Sul, onde moro, está sendo construído um shopping no centro da cidade, numa região de grande fluxo de pedestres e turistas. E para facilitar o acesso de veículos ao shopping, ruas no entorno serão alargadas e as calçadas vão ficar mais estreitas. Quer dizer, aqui, a prioridade são os carros, os negócios, o lucro. O bem-estar das pessoas, a sustentabilidade, o meio ambiente ficam em último plano. Por isso e tantas outras que somos o país do futuro desde Cabral.

    Um dia o Brasil vai se desenvolver tanto que vai chegar a ser uma China, mas NUNCA, nunca mesmo vai chegar perto de ser uma França, Alemanha, Bélgica, Suécia ou qualquer outro país que equilibra desenvolvimento econômico com qualidade de vida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s